Jornal Médico Grande Público

Elevado número de participantes revela dinamismo do grupo
DATA
23/03/2012 10:02:18
AUTOR
Jornal Médico
Elevado número de participantes revela dinamismo do grupo

As I Jornadas do Núcleo de Doenças Respiratórias/GRESP, realizadas recentemente no Porto, constituíram um sucesso indiscutível, não só pela sua riqueza técnico-científica mas também pelo número de participantes que envolveu

Texto integral apenas disponível na versão impressa

 

As I Jornadas do Núcleo de Doenças Respiratórias/GRESP, realizadas recentemente no Porto, constituíram um sucesso indiscutível, não só pela sua riqueza técnico-científica mas também pelo número de participantes que envolveu (90). Um número tão elevado de inscrições surpreendeu o próprio presidente do International Primary Respiratory Group, que sublinhou a importância dos grupos nacionais em termos da formação de outros médicos de família e do desenvolvimento da investigação na área das doenças respiratórias

As I Jornadas do Núcleo de Doenças Respiratórias/GRESP, da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar reuniu recentemente, na Fundação Cupertino de Miranda, no Porto, cerca de 90 profissionais de saúde especialmente interessados e vocacionadas para a área das doenças respiratórias. O número de participantes foi realmente surpreendente, facto que não deixou de ser sublinhado pelo presidente do ICPRG (International Respiratory Primary Care) e coordenador do grupo espanhol GRAP, da Sociedade Espanhola de Medicina Familiar e Comunitária (semFYC), ao referir que o envolvimento dos médicos de família portugueses foi mesmo superior aos dos seus colegas espanhóis nos eventos do GRAP.

Além de Miguel Román e do presidente da APMGF, João Sequeira Carlos, a sessão de abertura das I Jornadas, contou com a presença do presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, Carlos Robalo Cordeiro, e do da Sociedade Portuguesa de Alergologia Clínica (SPAIC), Mário Morais de Almeida, num apoio inequívoco a uma iniciativa que reuniu, pela primeira vez, médicos de família e outros profissionais de saúde num evento autónomo de um núcleo da APMGF.

Com foi referido por aqueles responsáveis, o trabalho conjunto da APMGF com ambas as sociedades tem vindo a aumentar nos últimos anos. Recentemente, a APMGF celebrou um protocolo com a SPP, prevendo-se a realização de uma parceria semelhante com a SPAIC. Eventualmente, durante o 29º Encontro de Medicina Geral e Familiar, que irá ter lugar em Março, em Vilamoura.

 "Através destas parcerias, tem sido possível desenvolver programas de melhoria, não só em termos da assistência que é prestada aos doentes, como na área da formação profissional e da investigação", sublinhou Jaime Correia de Sousa, coordenador do GRESP.

 

Saúde Pública

news events box

Mais lidas