Jornal Médico Grande Público

Cruz Vermelha Portuguesa e Missão Continente promovem recolha de alimentos
DATA
29/03/2018 10:11:32
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Cruz Vermelha Portuguesa e Missão Continente promovem recolha de alimentos

A Cruz Vermelha Portuguesa e a Missão Continente voltam a associar-se para promover uma recolha de alimentos, a realizar entre os dias 6 e 8 de abril, nas mais de 400 lojas Continente e Meu Super de todo o país.

Com o mote “consigo damos mais a quem precisa”, a iniciativa pretende recolher bens não perecíveis, como massa, arroz, enlatados, leite, leite em pó, papas lácteas, cereais, azeite, óleo alimentar, sal, bolachas, café solúvel, chá ou barras energéticas.

Identificadas através das delegações locais da Cruz Vermelha Portuguesa, as famílias carenciadas vão receber os produtos recolhidos, em função das necessidades mais urgentes e dos casos de maior carência.   

Em 2017, as recolhas de alimentos promovidas pela Cruz Vermelha Portuguesa, em parceria com a Missão Continente, resultaram no equivalente a 400 mil refeições angariadas, mais 25 mil do que em 2016. Este ano, a iniciativa volta a contar com o apoio de milhares de voluntários, que vão estar disponíveis para receber os contributos dos portugueses e aconselhar sobre os produtos a doar.

O presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Francisco George, salienta que “estas ações realizadas em parceria com a Missão Continente são fundamentais para nossa instituição conseguir apoiar, de forma regular, as famílias carenciadas, que têm dificuldade em aceder a bens essenciais. Agradecemos a participação ativa dos portugueses e esperamos que os bons resultados desta parceria se mantenham”.

 O presidente da Missão Continente, José Fortunato, acrescenta “como uma das nossas principais missões é contribuir para a redução das carências alimentares e melhorar a qualidade de vida das comunidades, esta parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa faz-nos todo o sentido e deixa-nos muito orgulhos, por poder colaborar no seu esforço humanitário. Esperamos que os resultados desta campanha superem as expectativas e que consigamos ajudar ainda mais pessoas”.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas