Jornal Médico Grande Público

Segurança dos cuidados de saúde: CHL integra projeto para a literacia dos cidadãos
DATA
09/04/2018 14:42:01
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Segurança dos cuidados de saúde: CHL integra projeto para a literacia dos cidadãos

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) é uma das nove instituições de saúde nomeadas pelo Ministério da Saúde para dinamizar um projeto piloto a nível nacional que pretende promover a literacia para a segurança dos cuidados de saúde junto da comunidade.

O projeto, que pretende ser um forte contributo para a redução dos incidentes de segurança associados à prestação de cuidados de saúde, envolve semanas temáticas dedicadas a algumas das áreas que dependem da colaboração dos utentes para garantia da segurança dos cuidados prestados pelos profissionais de saúde, como por exemplo, os cuidados pré e pós cirúrgicos, a prevenção de quedas, a prevenção da resistência aos antibióticos, entre outras.

A segurança cirúrgica é o tema da semana temática de abril, que decorre de dia 9 a 13, e que pretende informar os cidadãos das diversas fases do “processo cirurgia segura”, que envolve várias fases, no pré e pós cirurgia. Durante esta semana, na página de Facebook do CHL (facebook.com/CentroHospitalarLeiria), os utentes encontram toda a informação que devem saber sobre este assunto, nomeadamente o que devem levar para o hospital para uma cirurgia programada, o que devem fazer (ou não fazer) antes da cirurgia, as razões de os diversos profissionais questionarem o seu nome completo nas várias fases do processo, porque prepararam a sala e o doente relatando todos os passos em voz alta, o que esperar depois de um procedimento cirúrgico, e muito mais.

Os utentes que se deslocarem à Consulta Externa durante este período terão também oportunidade de ver estas e outas informações no circuito de televisão interno, nos espaços de espera.

Teresa Peralta, enfermeira da Comissão da Qualidade do CHL, que dinamiza o projeto piloto na unidade, destaca a importância da iniciativa: “a cultura de segurança nos cuidados de saúde não depende apenas dos profissionais, depende também dos cidadãos, dos utentes e das suas famílias, que queremos que sejam nossos parceiros na promoção dessa segurança. Todos somos interessados em prestar e receber cuidados de saúde de qualidade e seguros, e esperamos que no final deste projeto, que terá um período experimental de dois anos, possamos comprovar uma mudança de paradigma, em que testemunhemos cada vez mais cidadãos mais ativos e colaborantes na promoção e garantia de segurança”.

Além do CHL, integram este projeto piloto nacional o Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, a Unidade Local de Saúde do Nordeste, o Centro Hospitalar Tondela-Viseu, a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, o Centro Hospitalar Lisboa Norte, o Centro Hospitalar de Lisboa Central, e a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano.

As áreas prioritárias a ser trabalhadas nas semanas temáticas são a promoção da higiene das mãos, a segurança cirúrgica, a segurança na utilização da medicação, a prevenção de quedas, a prevenção de úlceras de pressão, e a prevenção de infeções e de resistência aos antibióticos.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas

6