Jornal Médico Grande Público

Ministro da Saúde respeita greve dos médicos
DATA
07/05/2018 17:54:04
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Ministro da Saúde respeita greve dos médicos

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, relativizou hoje a greve dos médicos, que começa já amanhã e será prolongada até quinta-feira, considerando-a “um processo e afirmação de vontade e expetativas” que o Governo respeita.

Questionado pelos jornalistas à saída do desafio “STOP Infeção Hospitalar!”, realizado hoje na Fundação Gulbenkian, o ministro referiu que, embora tenham razão “na maior parte das coisas que pedem” cabe ao Governo governar, sendo que não se pode resolver tudo ao mesmo tempo e Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem que perdurar “por mais 10, 15 ou 20 anos e em boas condições”.

Além disso, o ministro da Saúde salientou que é fundamental para o SNS ser-se responsável, alegando que um governo responsável não toma opções que possam comprometer o futuro, considerando que “já se avançou muito em diferentes frentes profissionais” e que não se pode comprometer o que tem sido adquirido até agora.

No final, o ministro relembrou o acordo alcançado, na passada sexta-feira, com os sindicatos que representam os trabalhadores de saúde das carreiras gerais, um setor que tem sido esquecido.

O Presidente da República, que também marcou presença na cerimónia, considerou que a greve faz parte da “legalidade da vida democrática”.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas