Jornal Médico Grande Público

Greve: FNAM denuncia tentativa de coagir internos
DATA
09/05/2018 10:39:27
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Greve: FNAM denuncia tentativa de coagir internos

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) denunciou pelo menos dois casos de tentativa de coagir médicos internos a não aderirem à greve nacional de três dias, que teve início ontem.

Durante a concentração junto ao Ministério da Saúde, em Lisboa, o presidente da FNAM, João Proença, disse aos jornalistas que dois agrupamentos de centros de saúde (ACES) tentaram obrigar os médicos internos a uma ação de formação de três dias.

Caso não comparecessem à formação, os internos teriam falta e não poderiam voltar a repeti-la no próximo ano. A situação terá ocorrido ACES de Almada/Setúbal e num outro na região do Algarve.

“Há uma lei que determina que quando estamos em greve não temos de aceitar a decisão do patrão, seja privado ou público”, relembrou o presidente da FNAM.

Os médicos iniciaram, ontem, às 00:00, três dias de greve nacional. Uma paralisação que os sindicatos consideram ser pela “defesa do SNS” e o respeito pela dignidade da profissão médica.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas

6