Jornal Médico Grande Público

PCP agenda debate de atualidade sobre trabalhadores do SNS
DATA
10/05/2018 16:38:29
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



PCP agenda debate de atualidade sobre trabalhadores do SNS

O Partido Comunista Português (PCP) agendou um debate de atualidade para sexta-feira, na Assembleia da República, com o objetivo de discutir a atual situação dos trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A reunião plenária marcada para amanhã, um depois de terminar a greve nacional dos médicos, vai começar com o debate de atualidade, que se sobrepõe aos restantes pontos da agenda do parlamento, ao abrigo do artigo 72.º do regimento.

No texto do requerimento, o PCP refere que existe uma “enorme carência de profissionais de saúde, médicos, enfermeiros, técnicos superiores, técnicos de diagnóstico e terapêutica, assistentes”, bem como uma respetiva “desvalorização social, profissional, remuneratória das carreiras”.

Recorde-se que, já na passada quarta-feira, durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro, António Costa, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, fez questão de abordar estas questões no parlamento.

A greve dos médicos, promovida pelo Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e pela Federação Nacional dos Médicos (FNAM), que termina, hoje, às 23:59, reivindica, entre outros motivos, a redução do trabalho suplementar de 200 para 150 horas anuais, uma diminuição progressiva até 12 horas semanais de trabalho em urgência e uma diminuição gradual das listas de utentes dos médicos de família até 1.500 utentes, ao invés de 1.900 doentes.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas