Jornal Médico Grande Público

BE questiona tutela sobre reforço de profissionais no INEM
DATA
09/08/2018 12:14:58
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



BE questiona tutela sobre reforço de profissionais no INEM

O Bloco de Esquerda (BE) quer saber quantos profissionais serão contratados para reforçar o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), no âmbito de um novo processo de recrutamento anunciado pelo Governo.

Num requerimento enviado ao Ministério da Saúde, o partido apresenta nova questões relacionadas com a falta de profissionais no atendimento da linha 112 e no INEM.

Nos últimos dias, foram divulgadas informações dando conta de que o atendimento 112 estava com falhas de atendimentos devido à falta de profissionais a assegurar o serviço de atendimento.

Em resposta, o Governo revelou que “está a decorrer um novo processo de recrutamento junto da GNR”, o qual mereceu a atenção do BE.

No texto, o partido bloquista questiona a tutela sobre o número de contratações previstas, o tempo médio de atendimento da linha 112 e quantas chamadas foram recebidas entre os dias 1 e 7 de agosto de 2018, 2017 e 2016.

Segundo o BE, o ano passado saíram 57 trabalhadores do INEM e entre janeiro e maio deste ano já tinham saído outros 25.

Sobre as verbas para o INEM, o partido de esquerda refere que é incompreensível que o INEM possa estar a funcionar com bem devido à falta de profissionais, sobrecarregando os trabalhadores em funções dado que este organismo não está sujeito a cativações.

O partido pretende, ainda, saber qual o montante que a tutela prevê disponibilizar ao INEM até ao final de 2018, e, em média quantas horas extraordinárias são asseguradas pelos trabalhadores do INEM todos os meses.

news events box

Mais lidas