Jornal Médico Grande Público

Gaia: Situação de internamentos em macas já está resolvida
DATA
13/08/2018 17:11:14
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Gaia: Situação de internamentos em macas já está resolvida

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/ Espinho (CHVNG/E) garantiu que a situação dos internamentos prolongados em macas no serviço de Urgência está resolvida, na sequência da denúncia da Ordem dos Enfermeiros (OE).

Em comunicado, o CHVNG/E explicou que “foi implementada pela administração, com efeitos imediatos, uma nova orientação que permitiu uma melhor organização clínica”, nomeadamente ao nível da “monitorização permanente dos internamentos em serviço de Urgência, por parte de responsáveis clínicos recentemente indigitados para tal”.

Na mesma nota, a unidade hospitalar adiantou que está a ser promovida uma “maior articulação entre os serviços de internamento e o serviço de Urgência, bem como de auditorias clínicas”, e reforçada “a estrutura de gestão de camas e gestão de altas”.

O Conselho de Administração do CHVNG/E “está a proceder ao aumento de lotação de camas nas medicinas, embora se considere que os recursos humanos não são suficientes para a procura de que é alvo atualmente”.

"O CHVNG/E mantém os esforços de reorganização do Serviço de Urgência, iniciativa liderada pela Direção Clínica, a qual, conjuntamente com o novo serviço de Urgênica, cujas obras se encontram a decorrer e estará finalizado em julho de 2019, irão melhorar a resposta a todos os doentes e eliminar definitivamente os internamentos na urgência", descreve este centro hospitalar.

Recorde-se que, recentemente, a Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros revelou que “os internamentos em maca no serviço de Urgência do Hospital de Vila Nova de Gaia aumentaram de dez para 19 doentes no espaço de três dias”.

news events box

Mais lidas