Jornal Médico Grande Público

Mais de 20 hospitais vão ter hospitalização domiciliária em 2019
DATA
03/10/2018 10:53:47
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Mais de 20 hospitais vão ter hospitalização domiciliária em 2019

Mais de 20 hospitais públicos vão passar a ter hospitalização domiciliária já no próximo ano. Desta forma, os doentes poderão recuperar em casa, mas recebendo cuidados hospitalares.

O Ministério da Saúde vai lançar uma estratégia para a hospitalização domiciliária, que abrange pelo menos 23 hospitais ou centros hospitalares. Segundo informação fornecida à agência Lusa por fonte oficial do Ministério, as unidades vão assinar um compromisso para terem hospitalização domiciliária a funcionar durante o próximo ano.

Embora a hospitalização domiciliária seja uma prática utilizada em vários países, em Portugal, a hospitalização domiciliária só está em curso no Hospital Garcia de Orta. Este modelo traz inúmeras vantagens, nomeadamente evitar infeções hospitalares multirresistentes ou reduzir os custos de internamento.

Um despacho da secretária de Estado da Saúde, que será publicado hoje, refere a hospitalização domiciliária como “uma alternativa ao internamento convencional”, mas com assistência contínua, que permite reduzir complicações e infeções hospitalares, além de permitir gerir melhor as camas disponíveis para o tratamento de doentes agudos no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Genericamente, a hospitalização domiciliária servirá como uma alternativa ao internamento convencional, mediante assistência contínua, tendo de ter a concordância do doente e da família.

De acordo com o despacho, os hospitais que tiverem financiamento para constituir unidades de hospitalização domiciliária terão de assegurar a atividade assistencial até final de março de 2019. Estas unidades vão funcionar 24 horas por dia e todos os 365 dias do ano, “com apoio médico e de enfermagem em permanência” e prevenção à noite.

Até final deste ano, as Administrações Regionais de Saúde deverão apresentar um plano de alargamento das unidades de hospitalização domiciliária nos restantes hospitais, que deverá ser executado até junho de 2019.

A estratégia para a hospitalização domiciliária será, hoje, apresentada em Lisboa numa cerimónia que contará com a presença do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas