Jornal Médico Grande Público

Saúde: Reclamações dos utentes aumentam 72%
DATA
17/10/2018 15:07:50
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Saúde: Reclamações dos utentes aumentam 72%

Entre janeiro e setembro de 2018, chegaram ao Portal da Queixa mais de duas mil reclamações dirigidas ao setor da Saúde, o que representa um aumento de 72% face ao período homólogo.

O mau atendimento, os tempos de espera excessivos, a falta de informações e a falta de condições são os principais motivos de queixa. Dentro do setor, os serviços de saúde com maior número de reclamações são os organismos públicos: hospitais, maternidades e centros de saúde.

Mais de 100 reclamações dirigidas aos hospitais e maternidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS), dizem respeito à falta de informação e esclarecimentos dados pelos serviços, bem como à falta de condições e triagem mal feita. No caso destes dois organismos o número de queixas aumentou em 61%.

Já em relação aos centros de saúde o número de reclamações subiu em cerca de 51%, encontrando-se as mesmas relacionadas com situações de mau atendimento, falta de atendimento telefónico ou falta de médico de família.

No entanto, os grupos de saúde privados não são exceção, sendo que, desde o início do ano, chegaram ao Portal da Queixa mais de 200 reclamações dirigidas ao setor privado. Neste caso, o mau atendimento, as cobranças indevidas e os tempos de espera estão entre os principais motivos das queixas dos utentes.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas