Jornal Médico Grande Público

Cruz Vermelha coloca bandeira a meia-haste por respeito às vítimas do INEM
DATA
17/12/2018 12:20:05
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Cruz Vermelha coloca bandeira a meia-haste por respeito às vítimas do INEM

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) colocou a bandeira a meia-haste, no domingo, por “respeito às vítimas” do acidente com um helicóptero do INEM.

“Sem prejuízo de outras formas de homenagem a serem decretadas oportunamente, determina-se que a bandeira da Cruz Vermelha Portuguesa seja colocada a meia-haste, desde já, por respeito às vítimas do acidente com o helicóptero do INEM, por tempo a determinar”, anunciou a CVP em comunicado.

A queda do helicóptero do INEM ocorreu ao final da tarde de sábado, no concelho de Valongo, distrito do Porto, provocando a morte dos quatro ocupantes. A borda estavam dois pilotos e uma equipa médica, composta por um médico e uma enfermeira.

A avaliação preliminar dos destroços indica que a queda da aeronave aconteceu na sequência da colisão com uma antena emissora existente na zona, segundo o gabinete que investiga acidentes aéreos.

A aeronave em causa é uma Agusta A109S, operada pela empresa Babcock, e regressava à sua base, em Macedo de Cavaleiros, Bragança, após ter realizado uma missão de emergência médica de transporte de uma doente grave para o Hospital de Santo António, no Porto. Trata-se do acidente aéreo mais grave ocorrido este ano em Portugal, elevando para seis o número de vítimas mortais em acidentes com aeronaves desde janeiro.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas