Jornal Médico Grande Público

Administração do São João pede renúncia de funções
DATA
10/01/2019 10:09:07
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Administração do São João pede renúncia de funções

O Conselho de Administração do Hospital de São João, no Porto, pediu a renúncia de funções, adianta o Ministério da Saúde.

“O Ministério da Saúde teve conhecimento do pedido de renúncia do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de São João, na sequência do término do mandato a 31 de dezembro. É um mecanismo que está previsto na lei”, refere o comunicado do Ministério, citado pela agência Lusa.

No documento, o Ministério diz que tem dialogado com o Conselho de Administração no âmbito da resolução do processo da ala pediátrica, “reconhecendo o empenho do presidente em criar condições para a transferência dos doentes pediátricos para as instalações do hospital”.

A própria administração hospitalar fez questão de confirmar a renúncia, referindo, em comunicado, que pretende “facilitar a sua substituição da forma mais rápida possível”.

“Foram estes os únicos fundamentos que estiveram na base do pedido de renúncia”, refere o Conselho de Administração, que assumiu funções em 2016 liderado por António Oliveira e Silva.

Recorde-se que, nos últimos meses, o São João tem sido notícia devido às obras de construção da ala pediátrica, a funcionar há cerca de dez anos em contentores.

Recorde-se, ainda, que o parlamento aprovou, por unanimidade, a proposta de alteração do PS ao Orçamento do Estado para 2019, de forma a prever o ajuste direto para a construção da ala pediátrica.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas