Jornal Médico Grande Público

CDS quer ouvir ministra sobre renúncia da administração do S. João
DATA
10/01/2019 11:21:16
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



CDS quer ouvir ministra sobre renúncia da administração do S. João

O CDS quer ouvir a ministra da Saúde no parlamento, bem como o Conselho de Administração do Hospital de São João, no Porto, após o mesmo ter apresentado a renúncia de funções.

“Vemos com muito preocupação a notícia da demissão em bloco da administração do Hospital de São João, com uma explicação que não nos parece cabal nem satisfatória face à atitude tomada, e salientamos que não é a primeira vez que o CDS manifesta preocupação com as questões relacionadas com a saúde”, disse a vice-presidente do CDS, Cecília Meireles.

“Andamos há anos a alertar para o estado muito difícil da Saúde e, em particular, dos hospitais públicos e já por várias vezes tivemos a oportunidade de confrontar o Governo com esse facto”, acrescentou.

Segundo Cecília Meireles, o CDS já esteve reunido com a administração do São João e, face à preocupação com a situação, o partido vai agora chamar à Comissão de Saúde a ministra e conselho de administração da unidade hospitalar.

“Não é a primeira vez que somos confrontados com demissões e com problemas gravíssimos e o Governo parece querer arrastar os problemas ao invés de os resolver e é uma situação que não é aceitável”, sublinhou a deputada.

Cecília Meireles enfatizou que “se o que está em causa fosse apenas uma substituição, não se percebe porque é que não se procedeu com normalidade a essa substituição”.

“Acho que o simples facto de estarmos com uma administração que não apenas toma esta atitude, mas que tem tido em mãos o difícil caso da ala pediátrica, saliento que não deve cair no esquecimento [esta renúncia] e que havia a garantia de que em janeiro as obras já estariam no terreno”, sublinhou.

“Nada melhor que a senhora ministra aproveitar esta ocasião para dar explicações ao parlamento”, concluiu.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas