×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 34880

Displaying items by tag: ferropenia

O especialista em Imunohemoterapia e presidente do Anemia Working Group Portugal (AWGP), António Robalo Nunes, foi o palestrante da sessão científica “Anemia e ferropénia – uma epidemia oculta”, que decorreu a 14 de fevereiro, no âmbito do X Congresso Nacional de Patologia Clínica, no Porto. Na sessão, foram apresentados e discutidos os impactos epidemiológico e clínico destes problemas de saúde pública a partir de dados do estudo EMPIRE. Em entrevista ao Jornal Médico , Robalo Nunes destacou a importância de encarar a ferropénia como uma entidade própria e o contributo da Patologia Clínica no seu diagnóstico.

Published in Entrevistas

A deficiência de ferro, com ou sem anemia, é uma “ comorbilidade muito frequente do doente com IC quer crónica quer aguda. A prevalência da ferropenia bem como da anemia é elevada, varia com a gravidade da IC e com os critérios de diagnóstico utilizados”, afirma a cardiologista e professora da NOVA Medical School, faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, Cândida Fonseca, acrescentando que a prevalência da anemia chega a ser de 50%-60% em doentes com IC grave, enquanto que na população global de insuficientes cardíacos rondará os 30-40%. É igualmente prevalente na IC com fracção de ejecção do ventrículo esquerdo (FEVE) deprimida e com FEVE preservada.

Published in Terapêutica

Reconhecida como um problema global de saúde pública, a anemia afeta cerca de um quarto da população mundial, com a Organização Mundial da Saúde a estimar, em 2011, uma prevalência de anemia gestacional de 38%, valor que chega aos 26% na Europa.

Published in Atualidade
É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Jornal Médico
É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários

Neste momento os CSP encontram-se sobrecarregados de processos burocráticos inúteis, duplicados, desnecessários, que comprometem a relação médico-doente e que retiram tempo para a atividade assistencial.