Montemor-o-Novo: Crescer Saudável envolveu 672 crianças
DATA
31/07/2008 08:26:24
AUTOR
Jornal Médico
Montemor-o-Novo: Crescer Saudável envolveu 672 crianças

O projecto de intervenção junto dos alunos do ensino pré-scolar, ensino básico e secundário tem como objectivo principal, aproximar as crianças e os jovens da Saúde

O projecto Crescer Saudável, do Centro de Saúde de Montemor-o-Novo, envolveu 672 crianças no ano lectivo de 2007/2008 e vai continuar já no próximo mês de Setembro. A garantia é dada pela psicóloga Cláudia Grade, uma das autoras deste projecto de intervenção junto dos alunos do ensino pré-escolar, ensino básico e secundário. O objectivo principal é aproximar as crianças e os jovens da Saúde

O projecto teve início em Outubro de 2007, com a apresentação da proposta às várias escolas e jardins-de-infância do concelho. Em Dezembro, começaram as sessões de educação para a saúde. No mês seguinte, a equipa de Saúde Escolar – constituída por Cláudia Grade, Vera Baldeira (nutricionista), Carla Capela (assistente social), Pedro da Costa (enfermeiro) e Maria de Fátima Breia (médica de família e directora do centro de saúde) – foi alargada com a incorporação da fisioterapeuta Sílvia Charepe Dias.
cs_montemor_novo_2.jpgFruto da colaboração entre o centro de saúde e a escola secundária de Montemor-o-Novo, foi criado, em Fevereiro último, o Gabinete de Saúde do Jovem. Entretanto, a equipa deu resposta a pedidos pontuais das escolas para a realização de outras acções escolares, no âmbito do projecto Escolas Promotoras de Saúde e, no final de Maio, tiveram lugar as I Jornadas de Saúde Infanto-Juvenil sobre alimentação, que reuniu alunos, pais e professores.

Jovens discutem Alimentação, SIDA, Diabetes e Sexualidade

Ao projecto Crescer Saudável uniram-se, não só as escolas, como a Associação de Desenvolvimento Local (MARCA), a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Vila, numa colaboração essencial no que se refere ao apoio logístico.
Além da intervenção junto das crianças e dos jovens, a equipa realizou também sessões dirigidas aos professores. Foi o caso do workshop “Professores à prova de stress”.
No que se refere aos alunos, as temáticas escolhidas versaram sobre alimentação, HIV/SIDA, perturbações do comportamento alimentar, diabetes infantil, gravidez na adolescência, afectos e sexualidade.
“O Gabinete de Saúde do Jovem facilitou muito a nossa aproximação aos jovens do ensino secundário. Por vezes, pediam-nos até para abordarmos determinados temas e que colaborássemos em alguns projectos que pretendiam desenvolver no âmbito da disciplina Área Projecto”.
Alguns jovens com problemas de saúde que procuraram a equipa de Saúde Escolar têm vindo a ser acompanhados no centro de saúde.
“Pensamos que o programa tem sido eficaz”. Para o ano, o objectivo é que a equipa “tenha uma componente mais marcada na enfermagem e na Medicina Familiar”, uma questão que está agora a ser analisada com a directora do centro de saúde.

Colaboração com a Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo inaugurou, recentemente, um Centro Juvenil, onde centralizou as várias actividades dirigidas aos jovens. Entre os numerosos gabinetes destinados a associações e instituições, encontra-se o espaço destinado ao centro de saúde, no qual vão ser dinamizadas várias actividades, em horário pós-laboral.
cs_montemor_novo_3.jpgO projecto Crescer Saudável pretende abranger, pelo menos, 95% das crianças e dos jovens do concelho e fazer com que a imensa maioria adquira informação acerca da saúde. O ideal seria abranger também uma elevada percentagem de pais e encarregados de educação mas, apesar de terem sido realizadas sessões específicas para este público-alvo, a verdade é que os adultos com responsabilidades na educação de crianças “continuam a ser o nosso calcanhar de Aquiles”, reconhecem os responsáveis pelo projecto.

Colaboração dos alunos na realização do programa de acção

No próximo ano lectivo, as actividades vão ser estruturadas em conjunto com os professores. Idealmente, pretende-se que os alunos participem também na escolha de temas, que serão trabalhados ao longo do ano e apresentados, no termo do ano lectivo, em sessões que terão lugar na escola e no centro de saúde.
Refira-se que o Crescer Saudável não está sozinho. Articula-se com outros projectos do CS, como a Consulta de Cessação Tabágica, a Consulta de Jovens (Planeamento Familiar), Olá Bebé (projecto de acompanhamento na gravidez e pós-parto) e o Projecto Saúde em Movimento.
Em termos globais, Cláudia Grade assinala que o Crescer Saudável tem registado uma boa adesão dos intervenientes às acções desenvolvidas. Sobretudo, reconhece, pela desmistificação de muitas crenças erróneas associadas aos serviços de saúde.

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.