Proposta seguiu para a OM
DATA
02/12/2008 09:39:54
AUTOR
Jornal Médico
Proposta seguiu para a OM

A proposta para o novo programa de Internato de Medicina Geral e Familiar (MGF) foi aprovada no Conselho Nacional do Internato Médico (CNIM) e, de acordo com as informações que reunimos, já foi remetida para a Ordem dos Médicos (OM).


A proposta para o novo programa de Internato de Medicina Geral e Familiar (MGF) foi aprovada no Conselho Nacional do Internato Médico (CNIM) e, de acordo com as informações que reunimos, já foi remetida para a Ordem dos Médicos (OM).

Espera-se que após apreciado o documento, por parte da Ordem, este retorne com as respectivas sugestões ao CNIM, para uma reavaliação final a cargo deste órgão. Tal poderá suceder durante a próxima reunião formal desta estrutura, que ocorrerá a 12 de Dezembro próximo. Cumprida esta etapa, o documento será despachado para o gabinete de Ana Jorge, para aprovação

Tal como adiantámos em edições anteriores, a esperança de todos os envolvidos no processo é a de que o programa possa ser aprovado rapidamente e entre em vigor já no início de 2009.

Maria da Luz Loureiro, coordenadora do Internato de MGF da Zona Norte, declarou à nossa redacção que, nesta fase, “há que aguardar” por desenvolvimentos. Segundo aquela responsável, “todos esperam ansiosamente que a publicação do programa aconteça. Veremos se será possível que tal suceda a tempo para o arranque do novo ano”. 

Por seu turno, o coordenador do Internato na Zona Centro, Rui Nogueira, considera que se deram passos significativos e que existem “todas as condições para que o programa seja publicado, com brevidade, de forma a que possa entrar em funcionamento em Janeiro próximo”.

A nossa redacção procurou também recolher uma reacção da coordenadora do Internato de MGF da Zona Sul, Ricardina Barroso, que se escusou a fazer quaisquer comentários.

Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo
Editorial | Jornal Médico
Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo

A dimensão das listas de utentes e a Carreira Médica são duas áreas que vão exigir, nos próximos tempos, uma reflexão e ação por parte dos médicos de família.

Mais lidas