Gripe: CSP começaram o ano de prevenção
DATA
17/01/2009 05:26:36
AUTOR
Jornal Médico
Gripe: CSP começaram o ano de prevenção

Os centros de saúde das cidades de Coimbra, Leiria, Viseu e Aveiro estiveram abertos no feriado do 1º de Janeiro e no fim-de-semana, para controlar a situação resultante do surto de gripe que atingiu Portugal no final de 2008 e início de 2009  

Os centros de saúde das cidades de Coimbra, Leiria, Viseu e Aveiro estiveram abertos no feriado do 1º de Janeiro e no fim-de-semana, para controlar a situação resultante do surto de gripe que atingiu Portugal no final de 2008 e início de 2009.

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC, IP) explicou que, no concelho de Coimbra, todos os centros de saúde e as Unidades de Saúde Familiar (USF) estiveram abertos na quinta-feira, dia 1 Janeiro, e no sábado e domingo, entre as 9 e as 15 horas.

Nas mesmas datas, a USF Condeixa (em Condeixa-a-Nova, distrito de Coimbra) fez atendimento complementar entre as 8 e as 14 horas.

Por seu turno, no mesmo período, os utentes em Leiria encontraram os centros de saúde Arnaldo Sampaio e Gorjão Henriques abertos entre as 09 e as 20 horas, enquanto o Centro de Saúde de Pombal prolongou o seu horário de atendimento das 18H30 até às 20.

O Centro de Saúde de Viseu 1 esteve igualmente aberto nos dias 1 e 4 de Janeiro das 9 às 17 horas, assim como as respectivas unidades de saúde familiar (USF). Já o Centro de Saúde de Aveiro esteve aberto todos os dias, entre as 8 e as 20 horas.

A abertura dos centros de saúde e USF no período mencionado resultou de uma deliberação do conselho directivo da ARSC para dar resposta à epidemia de gripe na região Centro.

Além destas alterações, mantiveram-se os horários normais de funcionamento dos centros de saúde da região.

"Estas medidas tomadas pela ARSC, IP estão em consonância com os procedimentos já assumidos internamente pelas administrações dos hospitais da região Centro, no controle da situação resultante do aumento da procura dos serviços de urgência provocado pelo surto da gripe", adianta o documento.

Segundo dados provisórios relativos à região Centro, e embora ainda não seja possível isolar os casos relativos à gripe, entre os dias 22 e 28 de Dezembro registaram-se 24.993 episódios de procura em urgências hospitalares e 36.407 em centros de saúde.

Dezanove dos 22 centros de saúde do distrito de Coimbra realizaram, de 26 a 28 de Dezembro, 3.585 consultas.

O conselho directivo da ARSC já determinara a abertura dos centros de saúde da cidade de Coimbra na véspera de Natal e fim-de-semana entre as 08 e as 14 horas, para evitar a sobrecarga dos serviços de urgência hospitalares com o aumento da afluência devido à gripe.

 

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: