Lisboa e Vale do Tejo: Rui Portugal dá as boas vindas ao Oeste Norte
DATA
17/01/2009 05:39:05
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Lisboa e Vale do Tejo: Rui Portugal dá as boas vindas ao Oeste Norte

“Quisemos dar um sinal de que estamos presentes. São apenas cinco dias de integração destas unidades na ARSLVT e já cá estamos!”, afiançou o responsável da ARSLVT, durante o primeiro dia de visitas  

O presidente da ARSLVT visitou seis centros de saúde da região Oeste Norte (Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos e Peniche).

No caso, estabelecimentos integrados no arranque de 2009 na área de influência daquela entidade. "Quisemos dar um sinal de que estamos presentes. São apenas cinco dias de integração destas unidades na ARSLVT e já cá estamos!", afiançou o responsável da ARSLVT, durante o primeiro dia de visitas.

A recepção, por parte das direcções e dos profissionais de saúde, "foi fantástica", nas palavras de Rui Portugal. "Fica a sensação de que iremos todos trabalhar muito bem, em conjunto", avançou. De acordo com o presidente da ARSLVT, esta jornada de conhecimento - logo no dealbar do ano - constitui-se como "uma diferenciação positiva e justificada pelas necessidades, já que a ARS conhece pior esta zona do que as restantes que abrange".

Em relação à consolidação do ACES Oeste Norte, Rui Portugal garante que tudo está bem encaminhado e que o novo modelo organizativo trará "uma nova capacidade de actuação e autonomia administrativa, anteriormente ausente. Passaremos também a ter uma única entidade hospitalar a conversar com uma única entidade, ao nível dos cuidados de saúde primários. O diálogo torna-se mais fácil".

A propósito do novo Hospital do Oeste Norte, através do qual o Ministério da Saúde procura requalificar os serviços naquela região, Rui Portugal declara que nada foi decido relativamente ao seu poiso final: "neste momento, estamos abertos a várias hipóteses, a estudar com cuidado. Há que defender os interesses da população local, em primeiro lugar, mas também do contribuinte português, que tem sempre uma palavra a dizer". Por enquanto, não existe uma data limite para a ARSLVT dar o passo definitivo nesta matéria, ou seja, optar por uma localização.

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: