Jornal Médico Grande Público

Luís Pisco recebe medalha de ouro do Ministério da Saúde
DATA
07/04/2009 11:29:43
AUTOR
Jornal Médico
Luís Pisco recebe medalha de ouro do Ministério da Saúde

Luís Pisco foi uma das figuras da MGF agraciada, ontem, dia 7, com a Medalha de Serviços Distintos do Ministério da Saúde... 

Foram quatro as figuras ligadas à Medicina Geral e Familiar (MGF) que receberam, ontem, dia 7 de Abril, Medalhas de Serviços Distintos do Ministério da Saúde, todas de Grau Ouro. Luís Pisco, o actual coordenador da Missão para os Cuidados de Saúde Primários, foi um dos agraciados na área da MGF. O professor catedrático e fundador do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Nuno Grande, recebeu igualmente a medalha de ouro do Ministério, sob proposta da ARS do Norte, pelo muito que "contribuiu para os actuais conceitos e prática da MGF". Rui Monteiro, especialista em MGF e ex-coordenador da Sub-Região de Saúde de Setúbal, foi distinguido pelo "notável empenho e enorme dinamismo na reforma dos CSP".

Por último, foi entregue a título póstumo a medalha de ouro a João do Carmo Dias, antigo coordenador da Sub-Região de Saúde de Portalegre e director do Centro de Saúde do Crato e Hospital Dr. José Maria Grande.

medalha 2.jpg

A entrega das medalhas realizou-se durante a sessão comemorativa do Dia Mundial da Saúde (este ano dedicado ao tema "Salvar Vidas - Hospitais seguros em situações de emergência"). No auditório do INFARMED, o Ministério da Saúde procedeu também à entrega formal do Prémio Nacional de Saúde 2008, que colocou em destaque o percurso profissional de Mariana Diniz de Sousa, ex-bastonária da Ordem dos Enfermeiros.

 

Atribuição de medalhas de Serviços Distintos do Ministério da Saúde

Lista de agraciados

 

Dr. Alberto José Mendonça Neves, Grau "Ouro", desenvolveu a sua actividade médica na área da Psiquiatria, integrou e dirigiu o Departamento de Psiquiatria do Hospital de Faro, implementou o Hospital de Dia da Psiquiatria no mesmo Hospital e fundou a Associação de Saúde Mental do Algarve.

Dr. Álvaro Rascão Ferreira Pinto, Grau "ouro", Médico, especialista em Urologia, a sua actividade é, de há muito, referência de várias gerações de médicos da Beira Interior. Tendo criado o Serviço de Urologia do Hospital da Covilhã, destaca-se ainda a sua passagem pela Direcção do Hospital distrital da Covilhã e pela Direcção da Associação Portuguesa de Urologia.

Dr. António Calapez Gomes Garcia, Grau "ouro", nomeado médico municipal em 1952 exerceu a sua profissão como autoridade de saúde no Concelho de Odemira e integrou a Comissão Instaladora da ARS de Beja, em 1989.

Dr. António Manuel Brito Carvalho, Grau "ouro", personalidade multifacetada na área médica, desempenhou ao longo da sua vida funções de investigador em física nuclear, médico de medicina interna e assistente universitário, tendo-se dedicado, durante 28 anos, à saúde pública, sendo um dos seus esteios no Algarve.

Dra. Beatriz Stella Valente Pieroni Calado, Grau "ouro", licenciada em Medicina e especialista em Ginecologia e Obstetrícia, a excelência da sua prestação conferiu elevada qualidade e prestígio às actividades que desenvolveu na DGS, designadamente as relacionadas com a Rede Materno-Infantil, o programa de Diagnóstico Pré-Natal, a regulamentação da Interrupção Voluntária da gravidez e o Programa Vertical de Cuidados em Infertilidade.

Prof. Doutor Daniel José Branco de Sampaio, Grau "ouro", formou-se em Medicina em 1970, obteve o Doutoramento em Medicina, na Especialidade de Psiquiatria, em 1986, e é Professor Catedrático de Psiquiatria e Saúde Mental na Faculdade de Medicina de Lisboa. Foi um dos introdutores, em Portugal, da Terapia Familiar, a partir da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar.

É o Coordenador do Núcleo de Estudos do suicídio do Hospital de Santa Maria onde organiza o atendimento de jovens com Anorexia e Bulimia Nervosas.

Dr. Domingos Filipe Lucas Afonso e Cunha, Grau "ouro", eminente jurista, ao serviço do Ministério da Saúde desde o início da sua carreira. Desempenhou funções de dirigente em diversos serviços e organismos, de que se salientam as de Director de Serviços do Gabinete Jurídico e de Contencioso do Departamento de Modernização e Recursos da Saúde e, actualmente, de Director de Serviços Jurídicos e de Contencioso da Secretaria-Geral.    

Dr. João do Carmo Dias, a título póstumo (Nota: vai receber a medalha o filho João Lopes Dias), Grau "ouro", em simultâneo com a sua actividade de clínico geral, desempenhou as funções de Coordenador da Sub-Região de Saúde de Portalegre, de Director do Hospital Dr. José Maria Grande e do Centro de Saúde do Crato.

Prof. Doutor José Augusto Guimarães Morais, Grau "ouro", Professor Catedrático na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa. Tem exercido o cargo de Presidente da Comissão de Avaliação de Medicamentos, sempre pugnando para que o trabalho da Comissão fosse desenvolvido com elevado nível científico e técnico. Foi responsável pelo grupo europeu que elaborou o documento guia da investigação em biodisponibilidade e bioequivalência, fundamental para o desenvolvimento e aprovação de medicamentos genéricos.

Prof. Doutor José Guilherme Fernandes Cunha Vaz, Grau "ouro", Professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Director do Centro de Responsabilidade de Oftalmologia dos HUC, é actualmente Presidente da Associação para a Investigação Biomédica e Inovação da Luz e Imagem. Investigador reconhecido nacional e internacionalmente com múltiplos contributos científicos na sua área de especialização, são inúmeras as publicações científicas produzidas ao longo da sua carreira.

Dr. José marinho Falcão, Grau "ouro", é um dos nossos mais eminentes cientistas que devotou toda a sua vida profissional à Saúde Pública, sobretudo na área da Epidemiologia/ Observação da Saúde sendo há anos responsável pelo Departamento correspondente no Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. Foi, igualmente, director do Instituto Nacional de Saúde.

Dr. José Pedro Campos Monteiro Serrano, Grau "ouro", coordenador do Internato Médico de Saúde Pública na Zona Sul, que ao longo de mais de 20 anos através de uma competência e dedicação extraordinárias, contribuiu para que, no meio de grandes dificuldades, os internos de saúde pública se mantivessem com assinalável qualidade. Consultor do Ministério da Saúde e da Fundação Calouste Gulbenkian, participou nos grupos de trabalho que, no âmbito do Ministério da Saúde, estruturaram a formação médica pós-graduada portuguesa, formação que se tornou reconhecida a nível europeu.

Prof. Doutor Luís Alberto Martins Gomes Almeida, Grau "ouro", médico, especialista de Ortopedia e Traumatologia e Director do Serviço de Ortopedia do Hospital S. João. Introduziu em Portugal as técnicas da cirurgia das mal formações congénitas da coluna vertebral. Professor Catedrático, tem mais de 200 trabalhos publicados e mais de 10.000 intervenções cirúrgicas realizadas em doentes hospitalares ou privados e em todas as áreas anatómicas.

Dr. Luís Augusto Coelho Pisco, Grau "ouro", especialista em Medicina Geral e Familiar e em Medicina do Trabalho, Chefe de Serviço de Clínica Geral e possuidor de competências em Gestão de Serviços de Saúde reconhecida pela Ordem dos Médicos em 2003. Tem participado regularmente como prelector, em reuniões científicas a nível nacional e internacional. Coordenador e formador em mais de 50 Cursos Monográficos sobre "Melhoria Continua da Qualidade" a nível nacional e internacional. Director do instituto da Qualidade em Saúde desde 1999 a 2005. É Coordenador da Unidade de Missão para os Cuidados de Saúde Primários, desde 2005.

Dr. Luís Filipe de Carvalho Magão, a título póstumo, Grau "ouro", licenciado em Medicina e especialista em Pediatria, desempenhou vários cargos dirigentes no MS, designadamente os de Subdirector-Geral e Director-Geral do Departamento de Estudos e Planeamento da Saúde, exerceu actividades de docência no ensino superior e representou o Ministério em diversas comissões de âmbito nacional e internacional.

Prof. Doutor Manuel Machado Rodrigues Gomes, Grau "ouro", médico, Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Medicina do Porto. Pioneiro da cirurgia cardíaca na região norte, na década de 70, tem inúmeros textos publicados. É Director do Serviço de Saúde e Desenvolvimento Humano da Fundação Calouste Gulbenkian. (Proposta: ARS Norte)

Dr. Manuel Virgílio Gonçalves Murta, Grau "ouro", é o actual Director do Serviço de Dermatologia do Hospital do Espírito Santo, EPE, onde ingressou em Janeiro de 1978. Ao longo da sua actividade sempre se caracterizou pela capacidade de realização e pelo desenvolvimento de trabalho em equipa. Grande dinamizador da telemedicina, efectua actualmente mais de 1000 teleconsultas por ano na sua especialidade. (Proposta: ARS Alentejo)

Enf. Maria Eduarda Tavares Cabral Tinoco, Grau "prata", enfermeira directora da Sub-Região de Saúde de vila Real até 1999, foi um exemplo de competência a nível dos Cuidados de Saúde Primários, tendo sabido internalizar, no País, os modernos conceitos associados a esta temática. Tendo desenvolvido actividade de formação e docência no ensino superior, é autora de inúmeros textos publicados e/ou divulgados em eventos de natureza técnica e científica.

Dra. Maria Fernanda Mealha, a título póstumo, Grau "ouro" (NOTA: vai receber a medalha Helena Gomes) licenciada em Medicina e em Ciências Pedagógicas, foi a primeira mulher a especializar-se em Dermatologia. Criou o serviço de Dermatologia do Hospital Distrital de Faro, de que foi Directora, tendo ficado reconhecida, nacional e internacionalmente, pelo papel que desempenhou no combate à Hanseníase (lepra), para cuja erradicação no Algarve contribuiu de maneira decisiva.

Prof. Doutor Nuno Lídio Pinto Rodrigues Grande, grau "ouro" é um médico de excelência e Professor Catedrático, sendo a esse nível um pedagogo de relevo, e um investigador notável, reconhecido e prestigiado nacional e internacionalmente. A sua obra, em todas as suas vertentes, é indiscutivelmente marcante. Foi o mentor e o impulsionador de um novo paradigma da formação médica no país, criando o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, que muito contribuiu para os actuais conceitos e prática da medicina geral e familiar.

Sr. Nuno Valença Pinto Ferreira, Grau "prata". Administrador Hospitalar, recentemente aposentado. Ao longo da sua carreira demonstrou grande competência no exercício dos diversos cargos que desempenhou, tendo sido orientador de estágios de inúmeros profissionais da Carreira de Administração Hospitalar, granjeando o respeito dos colegas e colaboradores, para os quais constitui um exemplo de boas práticas na administração hospitalar do sector público.

Enf. Rosa Maria Castelão Rodrigues, Grau "prata", dedicou a sua vida ao serviço da causa pública, tendo uma intervenção notória na Associação Cultural Moinho da Juventude. Integrou a equipa de profissionais de saúde que ocorreu à catástrofe do Tsunami de 2004.

Dr. Rui António Correia Monteiro, Grau "ouro", médico de Medicina Geral e Familiar e Ex-Coordenador da Sub-Região de Saúde de Setúbal, demonstrou notável empenho e enorme dinamismo na reforma dos Cuidados de Saúde Primários.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas

Has no content to show!