Jornal Médico Grande Público

ACES carecem de impulso decisivo
DATA
26/02/2012 03:37:42
AUTOR
Jornal Médico
ACES carecem de impulso decisivo

Segundo a FNAM, a culpa de estas estruturas - e respectivos líderes - permanecerem manietados parece recair sobre a velha e conhecida resistência à mudança, por parte da administração pública

 

Texto integral apenas disponível na versão impressa

 A Federação Nacional dos Médicos realizou, em Coimbra, um encontro nacional dedicado à sustentabilidade da reforma dos cuidados de saúde primários. Destaque para a organização de grupos de trabalho que reflectiram sobre aspectos fundamentais para o avanço da reforma (factores críticos para a melhoria da prática clínica diária, contratualização interna, avaliação do desempenho médico, integração de novos médicos de família nas unidades funcionais, cumprimento de normas de orientação clínica). Do conjunto destas reflexões poderão nascer documentos de síntese importantes, inclusive para futuras conversações entre estruturas sindicais do sector e a tutela. Ainda assim, os momentos altos do dia ficaram reservados para o debate intitulado "Gestão dos ACES: Que autonomia? Reinventar e Renovar as Lideranças...". Uma troca aberta de ideias, da qual ressaltou a noção de que os agrupamentos pouco ou nada se desenvolveram, desde o momento da sua criação. A culpa de estas estruturas - e respectivos líderes - permanecerem manietados parece recair sobre a velha e conhecida resistência à mudança, por parte da administração pública

 

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas

Has no content to show!