Inaugurado novo centro de saúde
DATA
30/05/2013 12:39:00
AUTOR
Jornal Médico
Inaugurado novo centro de saúde

O novo equipamento hospitalar vai substituir o actual centro de saúde, já sem condições suficientes para acolher os milhares de utentes das freguesias de Alhandra, São João dos Montes e Sobralinho

Versão integral apenas disponível na edição impressa

 

O Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa, inaugurou no passado dia 15 de Maio o novo Centro de Saúde de Alhandra, uma cerimónia que contou. Também, com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha. Na construção desta unidade de cuidados de saúde primários, a ARSLVT gastou cerca 1.2 milhões de euros.

O Centro de Saúde de Alhandra está integrado no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Estuário do Tejo e vai funcionar num espaço de cerca de mil metros quadrados prevendo-se que venha a servir uma população estimada em cerca de 15 mil utentes. Nesta unidade de saúde - que deveria estar pronta antes do final de 2012 - vão trabalhar 7 médicos, 6 enfermeiros e 9 assistentes, num horário de funcionamento de segunda a sexta, das 08h às 20h.

O novo equipamento hospitalar vai substituir o actual centro de saúde, já sem condições suficientes para acolher os milhares de utentes das freguesias de Alhandra, São João dos Montes e Sobralinho.

Algum do material que equipa o centro de saúde foi cedido pelo antigo Hospital de Reynaldo dos Santos, que fechou na primeira semana de Abril, após a abertura do novo hospital da cidade.

A nova unidade tem três pisos, nos quais se incluem 16 gabinetes de consulta, cinco de enfermagem, sala de movimentos/fisioterapia, bem como gabinetes de saúde oral e vacinação e espaços administrativos de pessoal e de coordenação.

As obras arrancaram em Novembro de 2011, mas estiveram suspensas desde finais de Janeiro de 2012 até Abril, devido à realização de trabalhos de arqueologia determinados pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico. A este problema, veio juntar-se o da falência do construtor, o que contribuiu para um ainda maior atraso nos trabalhos.

O terreno para a construção da infraestrutura foi cedido gratuitamente pela Câmara Municipal de Vila Franca Xira. A Autarquia avançou com o lançamento do concurso e com a empreitada de construção, tendo sido posteriormente ressarcida pela ARSLVT.

Com um total de cerca de 247.000 utentes, o ACES Estuário do Tejo tem por missão garantir a prestação de cuidados de saúde à população das freguesias do Concelho de Vila Franca Xira, Concelho de Alenquer, Concelho de Arruda dos Vinhos, Concelho de Azambuja e Concelho de Benavente.

 O ACES Estuário do Tejo tem em funcionamento 5 unidades de saúde familiares (USF), 25 unidades de cuidados de saúde personalizados (UCSP) e 5 unidades de cuidados na comunidade (UCC). Integra ainda 1 unidade de saúde pública (USP) e 1 unidade de recursos assistenciais partilhados (URAP), compreendendo serviço social, psicologia, terapia ocupacional, higiene oral, fisioterapia, radiologia e terapia da fala.

 

 

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.