Vacina contra cancro do pulmão em destaque
DATA
27/10/2013 23:00:05
AUTOR
Jornal Médico
Vacina contra cancro do pulmão em destaque

Segundo o presidente da SPP, é muito cedo para se falar na transposição da investigação sobre a vacina contra o cancro do pulmão para a prática clínica

Versão integral apenas disponível na edição impressa

 

Várias centenas de pneumologistas reuniram-se em Albufeira, entre os dias 25 e 27, no âmbito do 24.º Congresso de Pneumologia, onde foi discutido, entre outros temas, a vacina contra o cancro do pulmão e a sua transposição para a prática clínica.

Sábado, dia 26, reuniram-se em conferência para discutir a imunoterapia no cancro do pulmão, ou seja, a possibilidade de haver vacinas que contribuam para prevenção do cancro no pulmão, disse à Lusa o presidente da SPP, Carlos Cordeiro.

Segundo o presidente da SPP, é muito cedo para se falar na transposição da investigação sobre a vacina contra o cancro do pulmão para a prática clínica e esse facto talvez só suceda a médio prazo.

"Falta essa translação, que é a passagem da investigação e dos resultados produzidos, e que foram recentemente apresentados, para a prática clínica e para a rotina clínica nos doentes de cancro do pulmão", observou o especialista.

Carlos Cordeiro considerou provável que, em breve, possa haver mais novidades clínicas sobre a vacina contra o cancro do pulmão, mas referiu que, para já, o que existe são "resultados da investigação" e a possibilidade de fazer a profilaxia através da prevenção do tabagismo.

Um grupo de investigadores argentinos e cubanos criou a primeira vacina terapêutica contra o cancro do pulmão, que prolonga a esperança de vida dos doentes.

A vacina, que resulta de 18 anos de trabalho e da colaboração de um consórcio público-privado de investigação, não previne o aparecimento do tumor, mas promove a sua destruição através da activação do sistema imunitário do próprio organismo, indica o laboratório argentino Insud, que participa no projecto de investigação.

Há cerca de quatro mil novos casos de cancro do pulmão que todos os anos surgem em Portugal.

O 24.º Congresso de Pneumologia, que contou com a presença de cerca de 700 especialistas nacionais e internacionais, teve como tema os "Novos caminhos para a Pneumologia em Portugal".

Nos três dias de trabalhos, foi discutida a saúde respiratória nacional e abordos temas como a asma brônquica, a doença pulmonar obstrutiva crónica e o cancro do pulmão.

 

Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos
Editorial | Jornal Médico
Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos

Reler as origens do Serviço Nacional de Saúde ajuda a valorizar o presente e pode ser uma forma de aprender para investir no futuro com melhor fundamentação

Mais lidas