Câmara de Alcácer do Sal quer identificar problemas de saúde da população
DATA
15/01/2014 08:10:05
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Câmara de Alcácer do Sal quer identificar problemas de saúde da população

[caption id="attachment_5810" align="alignleft" width="300"]cmalcácerdosal “Os últimos dados sobre os principais problemas da população de Alcácer do Sal apurados através de uma iniciativa semelhante são antigos e, porque se encontram desactualizados, pretendemos avançar com um novo rastreio”, refere Júlio Nunes, do Sector de Desporto da autarquia, citado no documento[/caption]

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal anunciou que pretende identificar os principais problemas de saúde que afectam a população do concelho, através de um programa de rastreios itinerante que começa na próxima quinta-feira.

O programa visa actualizar os dados recolhidos há quatro anos, que permitiram constatar que a população do concelho, sobretudo a mais idosa, tinha taxas elevadas de diabetes e de hipertensão “devido a maus hábitos alimentares”, indicou o município em comunicado enviado à agência Lusa.

“Os últimos dados sobre os principais problemas da população de Alcácer do Sal apurados através de uma iniciativa semelhante são antigos e, porque se encontram desactualizados, pretendemos avançar com um novo rastreio”, refere Júlio Nunes, do Sector de Desporto da autarquia, citado no documento.

Os participantes vão ser submetidos à medição do perímetro abdominal, do peso, da taxa de gordura corporal, do nível de gordura visceral, dos índices de massa hídrica, muscular e óssea, do metabolismo basal e da idade metabólica.

Após a análise dos resultados dos rastreios, a Câmara de Alcácer do Sal tenciona “tentar encontrar soluções para os problemas encontrados”.

A campanha, denominada “Saiba + sobre a sua condição física e saúde”, envolve, além do município, a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, as juntas de freguesia e instituições do concelho.

A primeira acção é realizada na quinta-feira, junto dos funcionários, dos enfermeiros e dos médicos do Centro de Saúde de Alcácer do Sal.

A iniciativa, que, segundo o município, irá abranger “todas as freguesias do concelho”, segue depois para a localidade de Santa Susana.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas