Jornal Médico Grande Público

Espírito Santo Saúde vende acções ao preço mínimo de 3,20 euros
DATA
07/02/2014 11:53:31
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Espírito Santo Saúde vende acções ao preço mínimo de 3,20 euros

[caption id="attachment_6545" align="alignleft" width="300"]hospitalbeatrizangelo Fundada em 2000, a Espírito Santo Saúde é um dos maiores operadores de saúde privado português, detendo oito hospitais privados, um deles gerido em regime de Parceria Público-Privada (Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, na imagem), sete clínicas e duas residências sénior, contando com 8.907 funcionários[/caption]

O preço final de venda das acções da Espírito Santo Saúde foi fixado no ponto mínimo do intervalo, de 3,20 euros, anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O preço das acções estava fixado entre os 3,20 e 3,90 euros. A operação terminou na quinta-feira e hoje decorre a sessão especial de bolsa para apurar os resultados.

No documento, a empresa liderada por Isabel Vaz explica que a oferta combinada incluiu uma oferta pública de subscrição pela ES Saúde de 7.042.254 novas acções e uma oferta pública de venda (OPV) pela Rio Forte Investments de 2.320.886 títulos, além de uma oferta particular para determinados investidores qualificados domésticos e internacionais, de 31.346.168 acções pelas Rio Forte Investments, Espírito Santo Financial Group e Companhia de Seguros Tranquilidade (accionistas vendedores).

Esta última, detalha, poderá ser acrescida em até 6.106.396 acções, caso a opção de compra sobre o lote suplementar de acções seja exercida na totalidade.

A Espírito Santo Saúde adianta que o encaixe bruto da oferta Combinada atinge os 130,3 milhões de euros, dos quais 22,5 milhões de euros serão encaixe da ES Saúde e 107,7 milhões de euros dos accionistas vendedores.

Trata-se de um valor que exclui o lote suplementar de acções, diz o documento, segundo o qual o encaixe bruto pode subir para 149,8 milhões de euros caso a opção de compra sobre aquele lote "for exercida na totalidade".

A empresa informa ainda que a procura verificada na oferta pública permite a subscrição integral do aumento de capital da ES Saúde do actual montante de 88.500.000 euros para 95.542.254 euros, através da emissão de 7.042.254 novas acções.

O registo comercial do aumento de capital deverá ser obtido na terça-feira, 11 de Fevereiro, e a percentagem do capital social da ES Saúde detida por novos investidores imediatamente após a oferta combinada será de 42,6%, excluindo o lote suplementar de acções no âmbito da oferta institucional, e de 49%, se a opção de compra sobre o lote suplementar de acções for exercido na totalidade. Um dia depois, a 12 de Fevereiro, deverá ocorrer a admissão à negociação na bolsa de Lisboa.

Fundada em 2000, a Espírito Santo Saúde é um dos maiores operadores de saúde privado português, detendo oito hospitais privados, um deles gerido em regime de Parceria Público-Privada (Hospital Beatriz Ângelo, em Loures), sete clínicas e duas residências sénior, contando com 8.907 funcionários.

A empresa liderada por Isabel Vaz fechou Setembro de 2013 com resultados operacionais de 279,5 milhões de euros e lucros de 9,1 milhões de euros.

 

 

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas