Congresso Português de Cardiologia reuniu 2500 especialistas
DATA
26/04/2017 10:03:49
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Congresso Português de Cardiologia reuniu 2500 especialistas

Cerca de 2500 especialistas rumaram, este fim de semana até ao Algarve para participar na 38.ª edição do Congresso Português de Cardiologia, onde foram apresentados “500 trabalhos originais” por jovens médicos, a maior parte deles internos.

Em declarações à Agência Lusa, o presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, João Morais considera que o encontro foi “muito abrangente do ponto de vista temático”, tendo passado “em revista múltiplas áreas”.

O presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia adiantou ainda que “Portugal acompanha o que se passa um pouco pelo mundo” e destacou os “500 trabalhos originais”, que foram apresentados por jovens, “a maior parte deles internos, que vêm de vários serviços de diferentes pontos do país”.

“Tivemos sessões só a debater e a discutir casos clínicos, sessões práticas e sessões com médicos de família, que trouxeram os seus casos clínicos mais complexos para debater. É um congresso muito rico do ponto de vista científico muito variado e diversificado”, revelou.

O cardiologista destacou ainda a intervenção de Petter Libby na sessão de abertura, “um cientista de nível mundial que se deslocou a Portugal para o congresso” e informou que se registaram também momentos de Medicina “pura e dura", onde o chef Henrique Sá Pessoa falou sobre a dieta mediterrânea.

Durante o congresso – que decorreu sob o tema “Olhar o Coração: Conhecimento, Inovação e Arte” - foram ainda apresentadas novas tecnologias e produtos que estão a ser testados. “O congresso é afirmação da cardiologia como a grande especialidade médica em Portugal e evidencia a sua vitalidade. Gostamos de mostrar à tutela a força da Sociedade Portuguesa de Cardiologia”, rematou.

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.

Mais lidas