Serviços de Saúde de Macau confirmam quinto caso local de febre de dengue
DATA
18/08/2017 10:03:00
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Serviços de Saúde de Macau confirmam quinto caso local de febre de dengue

Os Serviços de Saúde de Macau confirmaram ontem a existência de um quinto caso local de febre de dengue, num adolescente residente na zona onde foram registados os quatro anteriores casos da doença.

O estado de saúde do jovem é considerado satisfatório, avançaram.

O adolescente reside na zona da Praia do Manduco, na cidade onde as autoridades sanitárias já procederam à eliminação química do mosquito no início deste mês, altura em que o jovem, de 19 anos, terá contraído a doença. O período de incubação pode ir até aos 14 dias.

Os Serviços de Saúde e o Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) vão continuar os trabalhos de eliminação dos mosquitos e de verificação de fontes de proliferação nos referidos locais e apelaram à colaboração dos residentes da zona para que adotem medidas antimosquito.

Além destas cinco ocorrências locais, as autoridades registaram até agora seis casos de febre de dengue importados, o último dos quais confirmado na quarta-feira, numa mulher que chegou recentemente das Filipinas para visitar a família em Macau.

Recorde-se que, no ano passado, foram registados 11 casos de febre de dengue, todos importados.

Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas