Macau/Tufão: Serviços de Saúde corrigem que não houve portugueses entre feridos da tempestade
DATA
25/08/2017 10:28:19
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Macau/Tufão: Serviços de Saúde corrigem que não houve portugueses entre feridos da tempestade

Os Serviços de Saúde de Macau (SSM) corrigiram hoje a informação, divulgada esta quinta-feira, de que quatro portugueses teriam ficado feridos, sem gravidade, devido à passagem do tufão Hato.

Segundo os SSM, os quatro portugueses, turistas, deslocaram-se ao hospital por motivos “não relacionados com o tufão”, por “doença súbita”, não se tratando de acidente ou ferimentos. Não há, até agora, registo de portugueses feridos devido ao tufão.

O tufão Hato, o mais forte a atingir Macau nos últimos 50 anos, causou nove mortos e 244 feridos, de acordo com o último balanço das autoridades.

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas