Jornal Médico Grande Público

SNS 24 recebe 150 chamadas por dia para marcação de consultas no médico de família
DATA
18/09/2017 10:23:14
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




SNS 24 recebe 150 chamadas por dia para marcação de consultas no médico de família

Quase dois mil utentes marcaram, em menos de quinze dias, consultas para os seus médicos de família através do telefone do centro de contacto do SNS, a antiga linha de Saúde 24, o que perfaz uma média de 150 chamadas diárias.

O centro de contacto do Serviço Nacional de Saúde possibilita desde dia 4 de setembro a marcação de consultas para o médico família através do telefone e tem recebido em média 150 chamadas por dia para este efeito, segundo dados avançados à Agência Lusa pelo presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

O SNS 24, que veio substituir a linha Saúde 24, mantém o mesmo número telefónico (808 24 24 24), mas passou a integrar vários canais como internet, smartphone, aplicações móveis e área do cidadão do Portal do SNS.

Além da marcação de consultas nos médicos de família, a partir da próxima semana, o SNS 24 vai iniciar serviços informativos, para já dirigidos sobretudo às taxas moderadoras e também apoiando a campanha de vacinação contra a gripe, adiantou o presidente dos SPMS, Henrique Martins.

Uma das áreas em que os SPMS querem continuar a apostar este ano é a das teleconsultas, mas para isso é necessário reforçar a distribuição de webcams e microfones nos hospitais e centros de saúde, tendo este ano sido distribuídos mais de 200 equipamentos.

De acordo com Henrique Martins, no primeiro semestre deste ano houve já tantas teleconsultas como em todo o ano de 2016, mas a intenção é incrementar.

O presidente dos SPMS diz que vão ser compradas mais 1200 câmaras para hospitais e centros de saúde de modo a atingir 1500 computadores aptos a teleconsultas no SNS.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas