Legionella: Hospital desconhece se houve falha técnica e pede estudo urgente ao LNEC
DATA
29/11/2017 15:39:22
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Legionella: Hospital desconhece se houve falha técnica e pede estudo urgente ao LNEC

O Hospital de São Francisco Xavier pediu ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) uma avaliação urgente ao risco da manutenção de estruturas e admite que ainda não sabe se houve falha técnica na origem do surto de legionella.

Na comissão parlamentar de Saúde, que está hoje a decorrer, o vogal executivo do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Carlos Galamba, disse aos deputados que foi pedido ao LNEC “um trabalho de avaliação do risco de manutenção das estruturas existentes”, como edifícios, redes de água, eletricidade e cogeração.

Segundo o responsável, o Centro Hospitalar sente-se confortável com os contratos de manutenção dos seus serviços, “mas quer ter a certeza”, e admite que se desconhece em concreto onde existiu uma falha: “O que aconteceu não sabemos. Não sabemos se houve uma falha técnica”.

Para já, a administração acredita que uma torre de refrigeração poderá estar na origem do surto, uma vez que nesse local foi identificada a bactéria legionella com genótipo idêntico à encontrada nos doentes. Em resposta ao deputado do Bloco de Esquerda, Moisés Ferreira, o vogal da administração do hospital esclareceu que não existem quaisquer dívidas ou montantes em atraso às empresas envolvidas na manutenção dos sistemas.

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.