ARSLVT: 77.000 utentes vão ganhar médico de família
DATA
07/03/2018 18:00:01
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




ARSLVT: 77.000 utentes vão ganhar médico de família

O concurso, a decorrer a partir de hoje, para colocação, a nível nacional, de 110 especialistas em Medicina Geral contemplou o maior número de vagas à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT): um total de 43.

Segundo Luís Pisco, estes clínicos vão dar resposta a cerca de 77.000 pessoas, “um passo importante para reduzir o número de utentes que continuam sem médico de família”.

De acordo com o presidente da ARSLVT, “dar médico de família a mais de 77.000 pessoas é dar garantias redobradas de que a saúde destes cidadãos registará melhorias. Isto terá um impacto qualitativo significativo na vida destas famílias, além de uma melhor organização da oferta e procura de cuidados, com menor recurso à contratação de serviços para respostas pontuais”. 

Com esta medida, o número de utentes sem médico de família deverá passar de aproximadamente 525.000 para os 448.000. Estima-se que antes do verão possa ser aberto um novo concurso destinado aos médicos que terminam o internato durante este mês.   

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas