António Arnaut: PS decreta luto partidário e bandeira socialista a meia haste
DATA
21/05/2018 14:47:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



António Arnaut: PS decreta luto partidário e bandeira socialista a meia haste

O secretário-geral do PS, António Costa, decretou hoje luto partidário, com a bandeira socialista a meia haste em todas as sedes do país, após a morte de António Arnaut.

O antigo ministro dos Assuntos Sociais, António Arnaut, fundador do Serviço Social de Saúde e cofundador do PS, morreu hoje em Coimbra, aos 82 anos. Até agora, ainda não se sabe a causa de morte, apenas é sabido que o advogado, de 82 anos, estava internado no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Presidente honorário do PS desde 2016, Arnaut foi ministro dos Assuntos Sociais no II Governo Constitucional, Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano e foi agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade e com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

Poeta e escritor, António Arnaut envolveu-se desde jovem na oposição ao Estado Novo e participou na comissão distrital de Coimbra da candidatura presidencial de Humberto Delgado.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas