CHTMAD encerra provisoriamente 48 camas
DATA
06/07/2018 15:00:35
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



CHTMAD encerra provisoriamente 48 camas

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) vai encerrar provisoriamente 48 camas em diferentes especialidades devido à entrada em vigor das 35 horas semanais, adiantou hoje esta unidade de saúde.

Numa resposta escrita à agência Lusa, o CHTMAD anunciou o encerramento de 30 camas nas áreas da Medicina, Cirurgia e Mulher/Criança, sendo que em Lamego encerram seis em Cirurgia e Medicina, e em Chaves encerram 12 na área de Medicina.

“Reitera-se que o encerramento destas camas tem caráter provisório, sendo que a tutela já autorizou a contratação de mais 59 profissionais das várias classes, esperando que estas novas contratações possam ajudar a reduzir o impacto destas 35 horas”, sublinha a nota.

O CHTMAD garantiu que o Centro Oncológico, a Urgência e os Cuidados Intermédios/Intensivos não serão atingidos por esta redução de número de camas, mantendo-se com a atividade assistencial em pleno.

“Esta medida provisória visa garantir a continuidade da qualidade e segurança da prestação dos cuidados de saúde, quer dos utentes, quer dos profissionais”, ressalvou o CHTMAD.

O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas