Parlamento discute transferência do Infarmed para o Porto
DATA
17/07/2018 09:52:17
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Parlamento discute transferência do Infarmed para o Porto

O Parlamento volta, hoje, a debater a questão da transferência do Infarmed para o Porto. A pedido do PSD, os deputados vão ouvir o Conselho Diretivo e a Comissão de Trabalhadores desta instituição.

As audições, na Comissão de Saúde, acontecem depois de já ser conhecido um relatório, pedido pelo Governo, que refere que esta mudança pode melhorar o funcionamento da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde - Infarmed - a nível da produtividade.

No entanto, a Comissão de Trabalhadores alerta para o tempo que o Infarmed irá demorar a recuperar grande parte dos funcionários, uma vez que inquéritos internos dão conta que mais de 90% dos trabalhadores não estão disponíveis a mudar-se para o Porto.

A transferência do Infarmed de Lisboa para o Porto foi uma decisão política anunciada pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, no final do ano passado, depois de ter sido conhecido que esta cidade não foi a candidatura vencedora a receber a Agência Europeia do Medicamento, que vai deixar o Reino Unido.

O Governo pretende que a transferência se faça já no próximo ano. Contudo, os trabalhadores do Infarmed pedem uma decisão rápida do Governo e alertam que esta mudança irá trazer consequências graves na Saúde em Portugal.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.