Jornal Médico Grande Público

Ordem dos Nutricionistas congratula abertura de vagas no SNS
DATA
28/08/2018 10:23:19
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Ordem dos Nutricionistas congratula abertura de vagas no SNS

A Ordem dos Nutricionistas (ON) congratula-se pela abertura do concurso destinado à contratação de 40 nutricionistas para o Serviço Nacional de Saúde (SNS), que serão integrados nos cuidados de saúde primários.

Em comunicado enviado ao nosso jornal, a bastonário da ON, Alexandra Bento, afirma que “até ao momento apenas trabalham nos centros de saúde cerca de 100 nutricionistas, pelo que as novas contratações farão a diferença não só na prevenção da doença, como também na promoção da saúde”.

Atualmente, nos cuidados de saúde primários cada nutricionista é responsável por 86 mil utentes, sendo que o rácio proposto pela ON é de 20 mil utentes por nutricionista. Já nos cuidados de saúde hospitalares cada profissional é responsável por 97 camas, quando o rácio proposto é de 75 camas por nutricionistas.

Para a ON, a contratação de 40 profissionais é um “pequeno passo, que fará a diferença”. No entanto, mesmo com as novas contratações, o SNS continua a ter apenas um terço dos profissionais necessários para cobrir as necessidades da população.

“O aumento de 40% dos nutricionistas nos cuidados de saúde primários é uma medida muito importante. Mas continua a ser um número aquém das necessidades. Deveremos continuar a olhar para a alimentação como uma importante arma na promoção da saúde dos portugueses”, refere Alexandra Bento.

A ON deseja que no próximo Orçamento de Estado “haja mais arrojo e que o Governo assuma uma maior aposta na promoção de saúde através da alimentação, algo que só se consegue com o reforço dos profissionais de saúde e com políticas interministeriais”.

Recorde-se que, em Portugal, a prevalência de doenças crónicas associadas a desequilíbrios nutricionais, quer por excesso, quer por défice, assumem níveis preocupantes. Segundo a Direção-Geral da Saúde, metade das causas de doença e de morte no país têm relação direta com a alimentação.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas

Has no content to show!