PSD contra discriminação de doentes paliativos na RNCCI
DATA
13/09/2018 10:34:16
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



PSD contra discriminação de doentes paliativos na RNCCI

O PSD manifestou-se contra a portaria do Governo que exclui os doentes com necessidades de cuidados paliativos da admissão em unidades de Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

Em requerimento dirigido ao presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, os deputados do PSD mostraram-se surpreendidos com o facto do Governo ter aprovado uma portaria que impede a admissão de doentes com necessidades de cuidados paliativos na RNCCI.

Contra tal situação, os deputados Adão Silva, Ricardo Batista Leite e Luís Vales pediram a audição, em sede de Comissão Parlamentar de Saúde, dos coordenadores do RNCCI e da Rede nacional de Cuidados Paliativos (RNCP), respetivamente Manuel José Lopes e Edna Gonçalves.

No requerimento, o PSD salienta que, nos últimos três anos, o ritmo de crescimento da RNCP "tem sido inferior ao registado na anterior legislatura" e que no período de 2011 a 2015 o número de camas da RNCP aumentou ao ritmo de 28 por ano, tendo desde que o atual Governo iniciou funções o crescimento dos lugares de internamento da RNCP decrescido para 9 por ano.

Em termos de acesso aos cuidados paliativos, o PSD considera que as necessidades do país estão "muito longe" de estarem satisfeitas, já que apenas uma ínfima parte das cerca de 80 mil pessoas que deles carecem têm acesso a esses mesmos cuidados.

COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas

Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência terminou e o estado de calamidade passou, mas o problema de saúde mantem-se ativo. É urgente encontrar uma visão inovadora e adotar uma nova estratégia. As unidades de saúde precisam de encontrar respostas adequadas e seguras.

Mais lidas