SIM pede “soluções” para Hospital da Guarda
DATA
01/10/2018 11:38:36
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


SIM pede “soluções” para Hospital da Guarda

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) pediu à Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) que "procure soluções" para o Hospital da Guarda, onde se demitiram recentemente três coordenadores de serviços.

Em comunicado enviado às redações, o SIM "solidariza-se com os dirigentes médicos do Hospital Sousa Martins - Guarda que colocaram o seu cargo à disposição, protestando pela falta de condições de trabalho e de recursos humanos".

No mesmo documento, o sindicato "saúda a pronta intervenção do presidente da Secção Regional da Ordem dos Médicos do Centro que se disponibilizou para encontrar soluções, reunindo com os senhores diretores de Serviço, no próximo dia 19 de outubro".

O SIM apelou à "presidente da ARSC para que encare os problemas de frente e procure soluções para um hospital muito carenciado no interior do país".

Recorde-se que na passada quarta-feira, a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos considerou que esta ULS vive uma situação "explosiva", que será analisada no próximo dia 19 de outubro.

A mudança necessária
Editorial | Jornal Médico
A mudança necessária

Os últimos meses foram vividos por todos nós num contexto absolutamente anormal e inusitado.

Atravessamos tempos difíceis, onde a nossa resistência é colocada à prova em cada dia, realidade que é ainda mais vincada no caso dos médicos e restantes profissionais de saúde. Neste âmbito, os médicos de família merecem certamente uma palavra de especial apreço e reconhecimento, dado o papel absolutamente preponderante que têm vindo a desempenhar no combate à pandemia Covid-19: a esmagadora maioria dos doentes e casos suspeitos está connosco e é seguida por nós.

Mais lidas