OE 2019: Rui Rio tem dúvidas sobre melhorias no SNS
DATA
19/10/2018 10:35:56
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



OE 2019: Rui Rio tem dúvidas sobre melhorias no SNS

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou ter “seríssimas dúvidas” em relação às melhorias do Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o Orçamento do Estado para 2019.

“Tenho seríssimas dúvidas que possa haver uma melhoria do SNS”, afirmou em declarações aos jornalistas. O social democrata disse não ter “dúvida nenhuma” que a Saúde foi o “serviço público” que “mais se degradou” ao longo destes três anos de governação do PS com o Bloco de Esquerda e o PCP.

Rui Rio elencou alguns dos problemas como o aumento das listas de espera para cirurgias e das listas de espera para primeiras consultas, os mais de 700 mil portugueses que não têm médico de família, a carência de investimento e a carência de manutenção dos equipamentos.

“Enfim, há um conjunto alargadíssimo de problemas no SNS, e seguramente, nem que este OE tivesse muito bem feito não ia resolver os problemas que estão acumulados há muito tempo, particularmente nestes últimos três anos”, frisou.

Na opinião do líder do PSD, o “Governo fará o discurso que lhe compete fazer, dizendo que não está assim tão mal, mas ainda vai ficar menos mal em 2019”.

“Eu tenho sérias dúvidas que se consiga, principalmente num quadro de um orçamento em que a principal preocupação é dar um bodo aos eleitores, tentar conquistar a simpatia dos eleitores porque estamos em ano eleitoral”, sustentou.

O Ministério da Saúde terá no próximo ano 10.922 milhões de euros para gastar, o que corresponde a um aumento de 5%, mais 523 milhões de euros face ao estimado para 2018.

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas