Web Summit: Healthcare City procura novos projetos na área da Saúde
DATA
07/11/2018 10:22:04
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Web Summit: Healthcare City procura novos projetos na área da Saúde

A Healthcare City, incubadora de startups na área da Saúde, está na Web Summit, inserida no stand da Lusíadas Saúde, à procura de ideias inovadoras para serem implementadas no setor.

Os empreendedores têm 90 segundos para apresentar a ideia e tentar cativar o interesse da Healthcare City. No final da Web Summit, a Lusíadas Saúde e a incubadora de startups vão selecionar os projetos com maior potencial e ajudá-los a implementar as suas ideias dentro do ecossistema da UnitedHealthcare Global.

Além da zona dedicada aos novos empreendedores, a UnitedHealthcare Global irá apresentar as suas diferentes áreas de atuação e partilhar vários exemplos de inovação tecnológica. O projeto bandeira da Lusíadas Saúde – High Care – é um desses exemplos, associando tecnologia com a humanização de cuidados de saúde.

Esta iniciativa levou o Hospital de Cascais a ser integrado numa elite de apenas três hospitais na Europa que melhor recorrem à tecnologia para prestar cuidados de saúde e aumentar a segurança do doente (HIMSS Nível 7). O Hospital Lusíadas Porto também está entre uma pequena percentagem de hospitais a nível europeu (2,5%) a ter atingido o nível 6 de excelência da mesma escala.

Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.