Médicos promovem avanços no tratamento cardiovascular
DATA
23/01/2019 11:36:49
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Médicos promovem avanços no tratamento cardiovascular

A 8ª Reunião do Grupo de Válvulas Percutâneas, promovida pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (VaP-APIC) tem dia e lugar marcados, a 24 e 25 de janeiro, no hotel Vila Galé, em Sintra.

O coordenador do VaP-APIC, Duarte Cacela, explica que o encontro é uma oportunidade para “médicos, enfermeiros e técnicos envolvidos na intervenção percutânea valvular, se reunirem para discutir os avanços, as contrariedades e os desafios da área”.

Para esta edição, acrescenta o cardiologista, “vamos ter duas grandes novidades, ambas a realizar no dia 25 de janeiro: uma vídeoconferência em simultâneo com a Reunião do Grupo de Estudo de Insuficiência Cardíaca, que decorrerá em Lisboa, e um debate sobre o futuro da intervenção percutânea valvular e a sua influência na cirurgia cardíaca atual”.

Vai ser ainda apresentado um balanço da participação de Portugal na iniciativa internacional Valve For Life,terminando a reunião com uma sessão sobre intervenção mitral e tricúspide.

A APIC promove ainda, no dia 24 de janeiro, um curso sobre imagem e anestesia dirigido a cardiologistas de intervenção e anestesiologistas, assim como duas sessões direcionadas a enfermeiros e técnicos de cardiopneumografia e radiologia.

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular é uma entidade sem fins lucrativos, que tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular. 

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas