Gripe com intensidade moderada
DATA
01/02/2019 09:58:31
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Gripe com intensidade moderada

A gripe em Portugal atingiu na quarta semana deste ano uma taxa de incidência de 89,3 por cada 100.000 habitantes, segundo o Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe divulgado esta quarta-feira.

De acordo com o boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), foram reportados 23 casos de gripe pelas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), tendo sido identificado o vírus Influenza A em 21 doentes.

“Foram ainda reportados 11 casos de gripe pelas duas enfermarias que colaboraram na vigilância”, lê-se na informação, que dá conta de um valor médio da temperatura mínima do ar de 5,2 graus centígrados, a que corresponde “uma anomalia de +0,88 graus”, relativamente ao valor normal para o mês de janeiro.

Os valores apurados indicam uma atividade gripal epidémica de intensidade moderada. Para a mortalidade por todas as causas são apontados "valores acima do esperado".

No boletim, referem-se 50 casos de síndrome gripal e 56.021 pessoas no que diz respeito à população em observação.

Na semana anterior a taxa de incidência tinha sido de 48,8 por 100 mil habitantes, com uma descida acentuada em relação à primeira semana, na qual se registou uma taxa de incidência da gripe de 80,9 casos por 100 mil habitantes, com dois subtipos de vírus em circulação.

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas