Parlamento aprova audição de ministra e Conselho Diretivo da ADSE
DATA
13/02/2019 12:58:05
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Parlamento aprova audição de ministra e Conselho Diretivo da ADSE

A Comissão de Saúde aprovou hoje por unanimidade a audição da ministra da Saúde e do Conselho Diretivo da ADSE sobre “a ameaça” de interrupção da prestação de cuidados de saúde a beneficiários do subsistema, segundo o Bloco de Esquerda.

A audição foi pedida por requerimento do BE que pretende ouvir a ministra da Saúde, Marta Temido, o Conselho Diretivo da ADSE e o Conselho Geral e de Supervisão da ADSE sobre “a chantagem dos hospitais privados e ameaça de interrupção da prestação de cuidados de saúde a beneficiários do subsistema”.

“Os principais grupos económicos a operar na área da saúde em Portugal ameaçaram acabar com os acordos que têm com a ADSE, obrigando os beneficiários do subsistema a pagar, à cabeça, a totalidade dos cuidados de saúde prestados nos hospitais privados”, refere o BE.

Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas