Farmácias entregam 56 mil assinaturas na Assembleia da República
DATA
28/02/2019 15:40:35
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Farmácias entregam 56 mil assinaturas na Assembleia da República

As primeiras 56.598 assinaturas da petição “Salvar as Farmácias, Cumprir o SNS” serão entregues amanhã às 10h30, na Assembleia da República, em Lisboa.

A petição vai ser entregue pelo presidente da Associação Nacional das Farmácias, Paulo Cleto Duarte à vice-Presidente da Assembleia da República, a deputada Teresa Caeiro em representação do Presidente da Assembleia da República.

Os bastonários da Ordem dos Médicos, da Ordem dos Enfermeiros e da Ordem dos Farmacêuticos associaram-se à iniciativa. «Uma em cada quatro farmácias está em risco de fechar», alertou o bastonário dos Médicos. E «são as farmácias nas regiões mais desfavorecidas, mais periféricas, em que o acesso aos cuidados de Saúde já é mais difícil», disse Miguel Guimarães para justificar a assinatura da petição.

A bastonária dos enfermeiros, Ana Rita Cavaco assinou o documento por considerar que «as farmácias são um ponto importantíssimo de prestação de cuidados às pessoas e de coesão territorial».

«Neste momento, 675 farmácias enfrentam processos de penhora e insolvência, o que corresponde a quase 25% da rede», refere o texto da petição. Os subscritores pedem medidas para que o direito à Saúde continue a ser igual em qualquer ponto do território.

«Queremos que o Governo perceba que pretendemos um acordo profissional, para garantir que os portugueses têm acesso igual ao medicamento e a serviços farmacêuticos em qualquer ponto do território», justifica a bastonária dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins.

No ano de comemoração dos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), a petição recorda que «as farmácias aproximam o SNS dos cidadãos, garantindo o primeiro apoio na doença, acesso seguro aos medicamentos e aconselhamento em saúde».

A petição nacional arrancou a 11 de fevereiro, no dia Mundial do Doente, estimando-se que conte já com 85 mil assinaturas. A recolha de assinaturas prolonga-se até dia 30 de março.

#sejamestrelas
Editorial | António Luz Pereira
#sejamestrelas

Ciclicamente as capas dos jornais são preenchidas com o número de novos médicos. Por instantes todos prestam atenção aos números. Sim, para muitos são apenas números. Para nós, são colegas que se decidiram pelo compromisso com os utentes nas mais diversas áreas. Por isso, queremos deixar a todos, mas especialmente aqueles que abraçaram este ano a melhor especialidade do Mundo uma mensagem: “Sejam Estrelas”.

Mais lidas