Gaia: Unidade de Hospitalização Domiciliária assistiu 208 doentes num ano
DATA
27/03/2019 10:52:36
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Gaia: Unidade de Hospitalização Domiciliária assistiu 208 doentes num ano

A Unidade de Hospitalização Domiciliária do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho libertou, neste primeiro ano de atividade, 1.630 dias de internamento convencional ao assistir em casa 208 doentes.

Durante este ano, os profissionais, desde médicos, enfermeiros ou assistentes sociais, realizaram 2.987 deslocações, percorrendo um total de 40.816 quilómetros, uma média de 112 quilómetros por dia, para assistir 208 doentes internados em casa, refere o hospital em comunicado.

A unidade de saúde adianta que 80% dos doentes internados em casa classifica o serviço como muito bom e 15% como bom, já 96,7% dos cuidadores expressa satisfação elevada.

Inaugurada a 23 de março de 2018, esta unidade permite aos doentes internados neste regime uma “atenção redobrada, no conforto do ambiente familiar e em colaboração estreita” com os cuidados primários de saúde, salienta.

A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Joana Romeira Torres
A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
A Organização Mundial de Saúde alude que os Cuidados de Saúde Primários (CSP) são cruciais para a obtenção de promoção da saúde a nível global. Neste sentido, a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) tem estabelecido estratégias que têm permitido marcar posição dos mesmos na comunidade médica geral.

Mais lidas