Jornal Médico Grande Público

iBET celebra 30 anos com inauguração de uma unidade dedicada à I&D de bioprocessos para produção de biofármacos
DATA
28/05/2019 16:41:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


iBET celebra 30 anos com inauguração de uma unidade dedicada à I&D de bioprocessos para produção de biofármacos

A celebrar o seu 30º aniversário, o iBET – Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica – aposta na modernização das suas infraestruturas, com um investimento que permitiu renovar a antiga Unidade Piloto.

Late Stage R&D and Bioproduction Unit é o novo nome do edifício que irá dar apoio e suporte ao desenvolvimento de projetos de investigação em biofármacos.

Atualmente, o Instituto desenvolve em simultâneo cerca de 70 projetos de I&D (investigação e desenvolvimento), assegurados por cerca de 230 investigadores, incluindo doutorados, engenheiros, técnicos e bolseiros. As suas competências são apoiadas por uma rede académica e empresarial dinâmica e multidisciplinar o que, juntamente com a sua estrutura orientada para a obtenção de resultados, lhe permite transferir o conhecimento que cria para as empresas dos sectores alimentar e farmacêutico, ajudando-as a inovar, a criar valor, emprego e crescimento económico.

Com um legado de 30 anos, o iBET é atualmente a maior organização privada sem fins lucrativos portuguesa, dedicada a investigação em biotecnologia e perspetiva a continuidade na inovação e no crescimento sustentável. Esta foi a base que motivou a renovação da Unidade Piloto, agora com uma superfície total de 1100,00 m², inaugurada hoje, 28 de maio de 2019, durante o evento de comemoração do 30º aniversário do iBET, que conta com a presença de ilustres convidados das áreas da política, da indústria farmacêutica e agroalimentar.

Este projeto contou com um investimento total de aproximadamente 1 milhão de euros (dos quais 375 M€, financiados pelo FEDER).

Paula Alves, CEO do iBET, refere que: “tendo em conta a evolução tecnológica, as necessidades do mercado e o nível de excelência e entrega da equipa do iBET, o espaço antigo foi-se tornando insuficiente e nalguns aspectos obsoleto. Agora temos a Unidade subdividida em dois pisos, o que permite aumentar a capacidade de desenvolvimento e de produção simultânea de diferentes biofármacos articulando-se melhor com as atuais exigências do setor – mais produtos em escalas menores. Desta forma o novo espaço vem reforçar a capacidade de investigação e desenvolvimento do iBET, gerando valor para si e para os seus sócios e parceiros”.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas