Jornal Médico Grande Público

IPO Lisboa: O uso médico de canabinoides
DATA
29/05/2019 17:07:51
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


IPO Lisboa: O uso médico de canabinoides

O IPO Lisboa organiza um debate para profissionais de saúde sobre o uso médico de canabinoides.

O evento está marcado para o dia 4 junho, às 12h00, e conta com a participação de João Goulão, diretor geral do Serviço de Intervenção nos Comportamento Aditivos e nas Dependências.

Começam a ser frequentes os pedidos de doentes oncológicos, de familiares e de cuidadores que procuram informação sobre a utilização de medicamentos à base da planta da canábis para fins medicinais. A pensar no correto aconselhamento dos doentes, a Unidade Psiquiatria do IPO Lisboa organiza um debate para profissionais de saúde sobre o uso médico de canabinoides. O evento está marcado para o dia 4 junho, entre as 12h00 e as 13h30, no anfiteatro do IPO Lisboa.

No debate, participam os médicos João Goulão, diretor geral do Serviço de Intervenção nos Comportamento Aditivos e nas Dependências e Coordenador Nacional para os Problemas da Droga, das Toxicodependências e do Uso Nocivo do Álcool; Mário Miguel Rosa, do Serviço de Neurologia do Hospital de Santa Maria, diretor da Unidade Regional de Farmacovigilância de Lisboa e Vale do Tejo e consultor da Agência Europeia Medicamento; e Nuno Miranda, hematologista na Unidade de Transplante de Medula do IPO Lisboa. A moderação está a cargo de Lúcia Monteiro, diretora da Unidade de Psiquiatria do IPO Lisboa.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas