MSD desafia profissionais de saúde a participar no HPV Clinical Cases
DATA
19/06/2019 14:52:36
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


MSD desafia profissionais de saúde a participar no HPV Clinical Cases

A MSD Portugal está promover o HPV Clinical Cases, uma iniciativa que tem como objetivo reunir, selecionar e divulgar junto da classe médica nacional os melhores casos clínicos de doenças comprovadamente associadas ao Papilomavírus Humano (HPV). Nesse sentido, todos os profissionais de saúde interessados deverão submeter os seus casos clínicos até dia 30 de junho na plataforma digital: www.hpvclinicalcases.pt

Reconhecendo a necessidade crescente de um maior conhecimento sobre o amplo leque de patologias associadas ao HPV, o HPV Clinical Cases propõe-se a incentivar a divulgação do conhecimento teórico e prático, promovendo a discussão multidisciplinar com vista a melhorar os cuidados de saúde a prestar aos doentes.

“Beyond Cervical Cancer” é o mote deste projeto que conta com o patrocínio científico de cinco sociedades médicas, nomeadamente: Grupo de Estudos de Cancro da Cabeça e Pescoço (GECCP), Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia (SPORL), Sociedade Portuguesa de Ginecologia (SPG), Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) e Federação das Sociedades Portuguesas de Ginecologia e Obstetrícia (FSPOG). 

O HPV Clinical Cases resultará na realização de uma reunião científica, a decorrer em setembro. O evento será composto por cinco mesas temáticas – patologia do colo do útero, patologia genital, patologia anal, patologia da orofaringe e outras patologias. Os casos clínicos selecionados serão, posteriormente, integrados nestas mesas temáticas, que terão a seguinte estrutura: apresentação teórica com contextualização do tema., apresentação dos casos clínicos e discussão.

De acordo com o estabelecido no Regulamento desta iniciativa, não haverá inclusão de dados pessoais e as apresentações clínicas serão apenas alvo de tratamento teórico.

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas