“Humanização hospitalar”: seminário para debater experiências e resultados
DATA
03/07/2019 15:37:43
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


“Humanização hospitalar”: seminário para debater experiências e resultados

No próximo dia 10 de julho vai realizar-se em Coimbra, no Centro de Congressos (HUC) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), um Seminário sobre Humanização Hospitalar.

Este Seminário decorre no âmbito de um Programa da Coordenação Nacional para a Reforma dos Cuidados Hospitalares dedicado à humanização, e tem como finalidade debater experiências em curso, a nível nacional, resultados e visões, e definir novas abordagens para a disseminação de boas práticas e de aprofundamento de atividades de humanização hospitalar.

Para desenvolver este Programa foi constituído um Grupo de Trabalho específico que procedeu à identificação de necessidades, de modelos, e de experiências, através de um questionário enviado aos Hospitais e Centros Hospitalares do País. O tratamento das respostas recebidas permitiu elaborar um trabalho de fundo que servirá de ponto de partida para os debates a desenvolver no Seminário.

O Seminário, de entrada livre, terá início às 10:00h e terminará às 16:30h e consta de duas Mesas Redondas e de uma sessão de discussão de Posters. Serão apresentadas experiências e resultados obtidos em humanização hospitalar por instituições hospitalares nacionais.

A sessão de encerramento, com apresentação das conclusões, decorrerá das 16:00 às 16:30 horas.

Está prevista a presença de representantes da maioria dos hospitais portugueses.

Doença Venosa

Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança
Editorial | Jornal Médico
Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança

O futuro tem hoje 5 dias! Inacreditável! Quem é que tem agenda para mais de 5 dias? A pandemia COVID-19 alterou profundamente a vida quotidiana, a prestação de cuidados de saúde e a organização dos serviços de saúde está totalmente alterada. O isolamento social é a orientação primordial de confrontação da pandemia. Mas é necessário promover o apoio de proximidade essencial e aprender a fazê-lo em segurança.

Mais lidas