António Costa diz que SNS "não pode ser só uma história bonita"
DATA
23/07/2019 11:18:52
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



António Costa diz que SNS "não pode ser só uma história bonita"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Serviço Nacional de Saúde “não pode ser só uma história bonita”, mas merece “um futuro muito promissor”, que se constrói nas unidades de cuidados primários.

“O Serviço Nacional de Saúde, que este ano comemora os 40 anos, não pode ser só uma história bonita, tem de ser, sobretudo, um futuro muito promissor e esse futuro constrói-se aqui, nestas unidades de cuidados de saúde primários, com os seus profissionais”, afirmou.

O primeiro-ministro falava na Unidade de Saúde Águas Livres, uma das cinco que inaugurou nos concelhos de Sintra e Amadora, distrito de Lisboa, e onde destacou que “as verdadeiras bases do Serviço Nacional de Saúde são mesmo estas unidades de cuidados primários”.

“E é por isso com muita satisfação que vejo que esta unidade se chama António Arnaut, que tem o nome daquele que foi o pai do nosso Serviço Nacional de Saúde”, assinalou.

O governante advogou ser “fundamental prosseguir esta reforma dos cuidados de saúde primários, assegurando a todos o acesso a médico de família, assegurando as oportunidades de diversificar a oferta de cuidados de saúde aqui nestas unidades, permitindo colocar aqui também meios complementares de diagnóstico, de forma a que os cuidados de saúde possam estar cada vez mais próximos das pessoas, e as pessoas mais longe das unidades hospitalares”.

O primeiro-ministro sublinhou ainda o reforço da proximidade entre o Estado e as autarquias “no que diz respeito aos cuidados das instalações, à sua manutenção, à sua conservação”, advogando ser “fundamental que o que está novo hoje fique novo sempre”.

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas