Lusíadas Saúde é o serviço médico da Volta a Portugal
DATA
09/08/2019 18:09:41
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Lusíadas Saúde é o serviço médico da Volta a Portugal

A Lusíadas Saúde é o parceiro do serviço médico da 81.ª Volta a Portugal em bicicleta, que decorre entre os dias 31 de julho e 11 de agosto.

No total, entre as várias etapas, o grupo disponibilizará duas ambulâncias e dezenas de profissionais preparados para prestar cuidados de saúde relacionados com situações que possam surgir no decorrer da prova – com especial atenção ao local de maior concentração de pessoas junto da reta da meta.

“Na Lusíadas Saúde, o envolvimento constante com a comunidade e a promoção da saúde são pilares fundamentais da nossa atividade. Além das situações de urgência que possam surgir e para as quais estaremos preparados, esta presença com várias iniciativas associadas como rastreios, estão são uma excelente oportunidade para estarmos próximos da população, ajudando as pessoas a terem vidas mais saudáveis”, explica Vasco Antunes Pereira, CEO do grupo Lusíadas.

A zona de apoio da Lusíadas Saúde – que estará instalada no final de cada etapa da prova – contará com a colaboração de quatro profissionais de saúde – um médico, dois enfermeiros e um auxiliar de ação médica – preparados para agir em situações de emergência e nas situações mais frequentes neste tipo de eventos, como é o caso das insolações, desidratações, dores de cabeça e quebras de tenção.

Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.