Acesso a medicamentos: LPCC pede “solução rápida a bem dos doentes oncológicos”
DATA
10/09/2019 10:04:54
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Acesso a medicamentos: LPCC pede “solução rápida a bem dos doentes oncológicos”

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) tomou conhecimento do recente comunicado do Colégio da Especialidade de Oncologia Médica da Ordem dos Médicos, bem como de esclarecimentos subsequentes do Infarmed, sobre atrasos e/ou recusas de disponibilização de alguns medicamentos específicos para tratamento a doentes oncológicos.

A este propósito, a LPCC - enquanto entidade civil de defesa dos doentes oncológicos e suas famílias - manifesta publicamente a sua grande preocupação pela situação descrita, disponibilizando-se para o que for considerado adequado e necessário, dentro dos seus objetivos e âmbito de ação, apelando às entidades e instituições governamentais, reguladoras e hospitalares, bem como médicas, para que identifiquem, com precisão, os problemas descritos e que, com a indispensável equidade, os solucionem rápida e adequadamente, para bem dos doentes oncológicos.

“As situações descritas de falta de acesso a medicamentos no tratamento do cancro podem revelar-se dramáticas. É importante que as entidades públicas e técnico-científicas colaborem de modo a identificar e resolver os problemas”, esclarece o presidente da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Vítor Rodrigues.

Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas